Vereadores se preocupam com as obras da MT 100 e a situação da Ponte do Córrego Ribeirão Claro

12/09/2017
17f63872340ee8e3036121c669875722formatfactorydsc00352.jpg

Os vereadores Jorge Melo, Henrique Cândido, Deusdete Resende, José Airton, Paulo Lopes, Vanderlei Marques e Marcos Aurélio juntamente com o Prefeito da Cidade de Araguainha, Sílvio José, o presidente da Câmara Municipal de Araguainha vereador Adiel e também o Secretário de Infraestrutura Cuiabano estiveram na tarde desta segunda-feira (11/09) visitando o canteiro de Obras da EMSA em busca de respostas sobre o andamento das obras da MT 100 e também sobre a situação da Ponte do Ribeirão Claro.

No que diz respeito as obras da MT 100, o Engenheiro da EMSA, Sr. André deixou claro que não há como dar andamento na mesma, visto que há reajustes e repasses pendentes por parte da Secretaria de Infraestrutura de Mato Grosso (SINFRA) nos anos 2014, 2016 e 2017 e devido a isto as obras serão paralisadas na próxima semana. “Se não pagar o reajustamento não tem como continuar a obra, enfatizou André. ”

Com relação a pavimentação do trecho da MT 100 que liga Araguainha a cidade de Ponte Branca, o Engenheiro informou que nem Projeto há para este trecho que compreende aproximadamente 30 quilômetros.

Com a chegada do período chuvoso os vereadores se mostraram preocupados também com a situação da Ponte do Ribeirão Claro, que há alguns meses ficou interditada após um caminhão cair em um buraco existente na mesma, e desde então, foi feito um paliativo para possibilitar o tráfego.

Segundo o Engenheiro André, a SINFRA foi informada por ofício e por diário de obra sobre a situação do paliativo desta ponte, porém a EMSA não irá fazer uma ponte de concreto porque estão aguardando disponibilizarem recursos. Sendo assim irão reformar a Ponte de Madeira.

“A nossa preocupação é grande com relação a esta ponte porque ela é essencial para o trafego de muitas pessoas, fazendeiros da região, moradores de municípios vizinhos. E com a chegada das chuvas este paliativo que foi feito pode não aguentar, disse o vereador Jorge Melo. ”

17f63872340ee8e3036121c669875722formatfactorydsc00352.jpg 17f63872340ee8e3036121c669875722formatfactorydsc00352.jpg 17f63872340ee8e3036121c669875722formatfactorydsc00352.jpg 17f63872340ee8e3036121c669875722formatfactorydsc00352.jpg 17f63872340ee8e3036121c669875722formatfactorydsc00352.jpg 17f63872340ee8e3036121c669875722formatfactorydsc00352.jpg 17f63872340ee8e3036121c669875722formatfactorydsc00352.jpg 17f63872340ee8e3036121c669875722formatfactorydsc00352.jpg
Assessoria de Imprensa, Texto-Juliana Brum, Fotos-Alex Oliveira

Veja também